Dúvidas Algumas dúvidas frequentes que você pode esclarecer rapidamente aqui.
Qual a diferença entre chapa galvanizada cristais normais e chapa galvanizada minimizada?

A resistência à corrosão das chapas galvanizadas é determinada basicamente pela camada de zinco que por sua vez é proporcional à espessura do revestimento. Quanto mais espesso for o revestimento de zinco, maior será a durabilidade do material galvanizado, considerando-se um mesmo ambiente. Na maioria das atmosferas o revestimento de zinco proporciona excelente resistência à corrosão uma vez que a velocidade de corrosão do zinco é, em média, 25 vezes menor do que a do aço sem revestimento.

As chapas galvanizadas são produzidas com diversos acabamentos superficiais dentre eles o cristal normal e o cristal minimizado. As chapas galvanizadas com cristais normais apresentam brilho metálico e desenho de flores resultantes do livre crescimento dos cristais de zinco durante o processo de solidificação. Este material é utilizado, na maioria das vezes, em aplicações sem pintura do segmento de construção civil tais como telhas, tapamentos laterais, etc. É utilizado ainda na fabricação de silos e equipamentos agrícolas. Já as chapas galvanizadas com cristais minimizados apresentam uma superfície mais lisa e com aparência mais regular, o que é adequado para aplicações que exijam pintura posterior. Esse material é muito utilizado na fabricação de telhas pré-pintadas.

A escolha do acabamento deve levar em conta a aplicação do produto, sendo o cristal minimizado recomendado para aplicações que exijam pinturas. É importante ressaltar que, em termos de resistência à corrosão, o acabamento superficial não tem nenhuma interferência uma vez que a resistência a corrosão é diretamente proporcional à espessura do revestimento, ou seja, não existe nenhuma relação com o acabamento da superfície.

Como funciona a entrega dos produtos adquiridos?

A Açoplano possui uma estrutura de logística de entrega própria, bem como parceria com uma série de empresas transportadoras. Para mais informações entre em contato conosco.

Em quanto tempo meu pedido fica disponível para entrega?

A Açoplano possui um amplo estoque que possibilida atendimento ágil às necessidades de nossos clientes. Para produtos de linha, constantes em nosso site, o prazo de entrega é via de regra imediato. Para produtos com necessidade de fabricação prévia, consulte-nos para maiores informações.

O que significa um material laminado a frio?

 

Laminados a Frio são produtos obtidos a partir de bobinas a quente (BQ) decapadas e que sofreram processos de laminação à temperatura ambiente, ocasionando um encruamento (endurecimento) no material. Para redução desse efeito do endurecimento há necessidade de recozimento do produto resultando a bobina a frio (BF), recuperando a maleabilidade perdida pelo trabalho a quente. Por obter-se um controle muito mais preciso a baixas temperaturas, as características físicas dos laminados a frio (LF) são muito superiores às dos laminados a quente (LQ), não só na forma como também na superfície. Por essa razão sua aplicabilidade será mais nobre, permitindo conformações, como no atendimento às necessidades do setor automobilístico ou de acabamento como a linha branca - eletrodomésticos.
Por serem trabalhados a frio, os esforços de conformações são altos e há limitações nas larguras produzidas.
As bobinas laminadas a frio podem também ser revestidas por elementos que preservem algumas condições de aplicações, desde o retardamento da oxidação, até a não contaminação do produto em contato, como ocorre em envasamentos de produtos químicos/alimentares.
As bobinas laminadas a frio (BF) revestidas são classificadas pelo tipo de revestimento que podem ser zinco (Zn), alumínio (Al), ligas diversas ou pré-pintura, podendo ou não, serem revestidas nas suas duas faces. Para cada aplicação deverá haver um revestimento adequado que permita a melhor utilização do material.

O que significa um material laminado a quente?

 

Laminados a Quente são os materiais processados a uma temperatura tal que as deformações (laminação) efetuadas não acarretam endurecimento ao material. Por ser trabalhado a altas temperaturas a sua superfície e tolerâncias dimensionais são menos exigentes.
Conforme a espessura é definida como chapas grossas (>5 mm) ou tiras a quente, podendo ser fornecidos em bobinas (com limitações) ou em chapas.
Sendo intrinsecamente o mesmo produto, a diferença entre estes dois formatos será determinada somente pela manipulação do material. O volume individual de cada unidade depende do tamanho do produto inicial que foi deformado, podendo chegar até 30 t, permitindo combinações de espessura/largura/comprimento da chapa/bobina resultante.

Como já mencionado, os LQs tem tolerâncias dimensionais mais amplas e sua aplicação é feita em produtos mais robustos tais como equipamentos de base, construções navais, peças a serem retrabalhadas/usinadas, entre outros.
As chapas grossas, face as suas amplas dimensões, são normalmente cortadas através de processos de oxicorte ou plasma que permitem a obtenção de formas variadas de contorno, permitindo ampliação de utilizações.
Todo LQ tem em sua superfície uma camada dura e abrasiva de óxido de ferro que, por algum tempo, o protege de oxidação e caso haja necessidade de trabalho na superfície, a remoção deste revestimento poderá ser obtida através de processos, químico (decapagem) ou físico (escovamento ou jateamento) que poderá ser efetuado de forma continua ou estacionaria.

Quais as vantagens das Telhas de Aluzinc com relação as Telhas de Alumínio?

O material aluminizado apresenta taxas de corrosão mais baixas, porém é mais suscetível à corrosão por pite (corrosão localizada e de alta intensidade, que ocorre em meios onde há presença de cloretos) e corrosão galvânica em bordas e ranhuras, principalmente em ambientes marinhos, causando perfurações localizadas do aço-base.

Quais as vantagens das Telhas de Aluzinc em relação as Telhas Galvanizadas?

Rendimento

 O revestimento do galvalume, constituído pela liga 55% Al-Zn, é significativamente mais leve que o revestimento de zinco puro. Isto possibilita ao galvalume cobrir uma área maior que o material zincado, considerando-se o mesmo peso e espessura de chapa e de revestimento e, consequentemente, gerar maior rendimento. Como exemplo, para um material de espessura 0,50 mm, o galvalume cobre uma área aproximadamente 4% maior que a mesma quantidade de material zincado.

Durabilidade

 A partir de testes acelerados, exposições de amostras à atmosfera e acompanhamento de produto em serviço (por meio de inspeções periódicas realizadas em diversas construções), pôde-se constatar a performance superior do galvalume sobre o galvanizado no quesito resistência à corrosão. A vida útil do galvalume é duas a quatro vezes maior se comparada com a vida útil do aço galvanizado. Estes dados foram obtidos com base em amostras expostas em diversos ambientes na Europa, pelo período de quase 20 anos, e nos EUA, por um período superior a 30 anos. 

NÃO ENCONTROU O QUE PRECISA? Envie sua dúvida. Teremos o prazer de esclarecer qualquer questionamento.


nossos
parceiros
Gerdau Açocorte - Peças Especiais
financie suas
compras com bndes

Conheça as soluções sob medida em Aços para sua empresa conheça agora mesmo